hellocidades hellopoa

A Porto Alegre futebolística


Escrito por Abril BrandedContent

Conheça histórias que provam que é possível aproveitar a atmosfera esportiva até quando não é dia de jogo

Foto: Portal da Copa/Divulgação. Legenda: Arena Beira-Rio, um dos orgulhos da cidade, está aberta para visitação mesmo sem jogadores em campo.

“Porto Alegre ainda é uma cidade em que se vai às ruas vestindo as cores do time do coração sem medo”, diz o professor de cursos livres André Roca, que dá aulas sobre literatura e futebol. Segundo André, toda vez que o Grêmio ou o Internacional jogam, acontece no dia seguinte o que ele chama de “primavera das camisetas”: brotam uniformes dos times pelas ruas. “E não é só nas horas boas, pois mesmo após uma derrota isso ocorre”, garante o professor.

Até aí, nada muito diferente do que pode acontecer em qualquer outra cidade brasileira, já que o futebol é o esporte mais popular no país. Mas, em Porto Alegre, surge uma peculiaridade: a experiência futebolística vai bem além dos 90 minutos das partidas entre os principais times.

“A minha experiência com futebol em Porto Alegre foi diferente da que estou acostumado”, conta Fábio Hernani da Silva, que é de São Paulo. Na maior cidade do país, também há uma forte tradição futebolística. Mesmo assim, para Fábio, a capital gaúcha ganha essa partida. “O futebol parece fazer mais parte do dia a dia da cidade”, diz.

Isso porque Porto Alegre tem diversos outros programas relacionados ao mundo da bola. Essas experiências diferentes estão no radar do #hellocidades, projeto da Motorola que convida as pessoas a criarem novas relações com os espaços em que vivem. E engana-se quem acha que só quem joga ou torce loucamente pelo Grêmio ou pelo Inter pode aproveitar. “O Inter tem a única biblioteca pública de um time de futebol do Brasil”, aponta André Roca. A biblioteca existe desde 1944 e hoje conta com um acervo de 82 mil obras que podem ser consultadas e pegas em empréstimo por simpatizantes de qualquer time, ou de time nenhum.

Palcos multiusos

Porto Alegre se orgulha do Beira-Rio, que pertence ao Inter e foi remodelado para a Copa de 2014, e da Arena do Grêmio, inaugurada no fim de 2013. Os estádios são dois dos palcos mais modernos para o futebol no Brasil e viraram atrações não só em dias de jogos. O paulistano Fábio Hernani da Silva fez questão de conhecer as casas dos clubes gaúchos quando chegou a Porto Alegre com a esposa. “Eu torço para o Santos, mas, antes disso, eu gosto de futebol, e é muito legal ver tudo por dentro”, relata.

Foto: Fábio Hernani da Silva/Acervo Pessoal. Legenda: Fábio e a esposa Fernanda visitaram os estádios assim que chegaram a Porto Alegre.

A visita, que dá acesso a áreas normalmente restritas aos profissionais do futebol, consta sempre na lista de desejos dos porto-alegrenses. Com duração de pouco mais de uma hora e várias opções de horários por dia, tanto o tour guiado do Beira-Rio quanto o da Arena levam à sala de imprensa, ao vestiário, ao banco de reservas e à beira do gramado. Consulte os horários, que variam de acordo com o dia, nos sites do Beira-Rio e da Arena. Os preços vão de R$ 15 a R$ 32. Nos estádios também funcionam os museus que contam a história dos times. Os ingressos para ambos custam desde R$ 5.

Outra maneira de vivenciar o futebol de um jeito diferente em Porto Alegre é comer na Hamburgueria 1903, que pertence ao Grêmio e tem quatro unidades na capital gaúcha. A rede tem decoração temática e promove eventos com ex-jogadores. Virou point para os dias de jogos e opção gastronômica para qualquer dia.

Os torcedores do Inter, por sua vez, têm a opção de ir ao Sunset Beira-Rio. O espaço, localizado no complexo do estádio, abre nos fins de tarde em dias de jogos e shows. Abriga mesas sob grandes tendas. Pode-se então comer, beber e ouvir música com vista para o famoso pôr-do-sol à beira do Guaíba.

Qual o seu jeito preferido de viver o amor pelo futebol quando não é dia de jogo em Porto Alegre? Conte para o mundo nas redes sociais usando as hashtags #hellocidades e #hellopoa. E lembre-se de se reconectar com a capital gaúcha em hellomoto.com.br.

POSTS RELACIONADOS

hellocidades
hellobh

Época de ensaios: mulheres se preparam para ocupar o carnaval

hellocidades
hellorio

Bons de garfo: os cariocas que estão criando uma nova gastronomia