hellocidades hellobh

Rooftops de BH: ideia internacional conquista os mineiros


Escrito por Abril BrandedContent

Eventos e festas em terraços de hotéis e outros prédios atraem público com vista da cidade, música, drinks diferentes e comidas gostosas

Foto: BS Fotografia / Bruno Soares. Legenda: A festa Night Market Rooftop junta música, bebida e uma vista de tirar o fôlego no Estoril.

Se o nome da cidade já sugere uma vista encantadora, faz sentido que Belo Horizonte seja aproveitada do alto. Esse é um dos motivos pelos quais festas e eventos em rooftops (terraços de prédios) estão ficando cada vez mais comuns na capital mineira. O #hellocidades, projeto de Motorola que incentiva uma nova relação entre as pessoas e as cidades, mostra as histórias de quem aproveita o agito nos terraços locais.

Tradicionais em cidades como Nova York, Los Angeles e Londres, os rooftops são espaços abertos, arejados, com boa música e que reúnem amigos, gente bonita, drinks e comidas gostosas. Ou seja, muito do que os belo-horizontinos gostam e procuram na capital dos bares.

“A ideia é internacional, mas o rooftop é uma coisa muito mineira. A maioria dos bares de BH está em uma calçada, varanda, sempre conectado a um ambiente externo”, afirma Túlio Carregal, um dos quatro sócios do Night Market Rooftop, em um prédio no Estoril, na região Oeste.

Segundo Túlio, estar nos terraços e explorar a vista tem a ver com um novo jeito de aproveitar a cidade. “Estamos saindo das baladas fechadas de quatro paredes e teto. Estamos cada vez mais outdoor, com eventos de rua, querendo espaços livres”, acredita.

Como é hábito pelo mundo, o som predominante dos rooftops é house, especialmente deep house. No Night Market, há uma variedade de DJs, conforme a festa ou evento. O público é composto por uma maioria solteira, entre 21 e 30 anos, mas casais também gostam de ir tomar um vinho, curtindo a vista.

Entre os destaques do cardápio estão a Tábua Chelsea – frango levemente apimentado, muçarela empanada e batata com bacon –, a R$ 48, e o Burger Australiano, que acompanha fritas, a R$ 24. Para beber, a casa “levanta a bandeira do gin”, diz Túlio. O drink mais pedido é Gin Tônica, a R$ 25.

Música e montanhas

Como o house tem tudo a ver com os rooftops, seria natural que um DJ se inspirasse em fazer um evento em terraços de BH. O DJ Leandro Rallo, que já viajou o mundo discotecando, afirma ter sido pioneiro na ideia de trazer o conceito das festas nos terraços para a cidade.

Toda quinta, no Ramada Encore Luxemburgo, na região Centro-Sul, ele se apresenta ao ar livre, vivendo uma vontade antiga. “Quando era moleque, uns 15 anos, tinha um adesivo com a frase ‘olhe bem as montanhas’. Isso me marcou muito. Fiz uma viagem para Miami para tocar. Quando voltei para BH, veio a ideia de fazer o rooftop”, conta.

Foto: Ramada Encore / Divulgação. Legenda. A vista noturna do Hotel Ramada Encore, é iluminada e urbana.

Assim, em abril de 2016, tudo começou. “Tinha que ser um hotel, um ambiente comercial. E o hotel [Ramada] estava novo, procurando alguém para fazer evento rooftop, e eu, procurando lugar para fazer. Comecei o projeto na época em que fui morar no hotel. Então, faço festa na laje”, brinca.

A empresária Ana Luiza Mendonça é uma das frequentadoras que acha que a ideia é a cara da capital mineira. “Rooftop tem tudo a ver com BH, a começar pelo nome da nossa cidade. Nos rooftops, podemos ter a experiência de apreciar esse belo horizonte e uma vista incrível da cidade. A vista do hotel Encore é magnífica”, comenta ela, que considera o evento ainda uma experiência gastronômica e musical.

Pollyanna Mendes, gerente geral do Ramada Encore, afirma que o público da casa é de pessoas entre 25 e 40 anos. Quem comemora aniversário e leva 20 pessoas ao terraço , ganha uma diária no hotel.

No cardápio, destaques para “comidinhas despojadas”, em torno de R$ 15, como petiscos individuais e mini-hambúrgueres, e drinks, a partir de R$ 20. Moscow Mule (feito com vodka, cerveja de gengibre e suco de limão) faz sucesso, assim como os coquetéis com gin.

Tradicional entra no clima

Outra opção de eventos rooftop que tem atraído os mineiros é o Raro Sky Bar, no Belo Horizonte Othon Palace, tradicional hotel no centro da capital. Toda quinta, no 25º andar, o público curte a vista ao som que varia de jazz ao house (claro!). Apesar de o evento ser co-produzido pelo DJ Rodolfo Brito, sempre há DJs e bartenders convidados.. A GIG Produções fica responsável pela organização do evento, e os petiscos são preparados pelo renomado chef Manoel Pereira, no restaurante Varandão.

Você curte o horizonte da capital mineira e quer viver experiências diferentes na cidade? Então, quando for curtir a noite em um rooftop em BH, não deixe de registrar esse momento nas redes sociais com a hashtag #hellocidades e convide seus amigos a mudar o olhar e se reconectar com BH por meio do hellomoto.com.br.

 

Night Market Rooftop

Onde: Rua Wilson Rocha Lima, 25, Estoril

Contato: (31) 97170-0044

Funcionamento: quinta, 18h-1h; sexta, 21h-4h; sábado 22h-5h; domingo, 14h-0h.

Valor: entre R$ 30 e R$ 100, dependendo do evento

Rooftop Ramada Encore Luxemburgo

Onde: Rua Gentios, 274, Luxemburgo

Contato: (31) 3517-1853

Funcionamento: quinta-feira, das 19h às 2h

Valor: Não é cobrada a entrada

Raro Sky Bar no Belo Horizonte Othon Palace

Onde: Avenida Afonso Pena, 1.050, 25ª andar, Centro

Contato: (31) 99738-7221

Funcionamento: quinta-feira, das 19h à 1h

Valor: Couvert artístico, R$ 15; valet de estacionamento, R$ 20

POSTS RELACIONADOS

hellocidades
literatura

Vias e veios literários de Porto Alegre: um roteiro criado por Natália Borges Polesso