motostyle
arte

Cris Barros: tecnologia para revolucionar a moda


Escrito por Motorola

Confira fotos feitas com o Moto Z em um ensaio fotrográfico feito por Cris Barros.

A moda está passando por um processo de revolução, que inclui desde roupas produzidas em impressoras 3D até vestimentas feitas com baterias solares – que garantem que você carregue seu celular enquanto anda. A verdade é que o universo fashion caminha rumo a um futuro sustentável e super-high tech.

Além disso, o uso dos smartphones e das redes sociais como ferramentas de trabalho cresce entre os estilistas no mundo todo. Aqui no Brasil, Cris Barros é uma referência na junção de moda e tecnologia. Com o uso do smartphone como instrumento de divulgação, interação e de pesquisa entre seus seguidores, a estilista busca novas possibilidades para transcender as barreiras entre virtual e real, trazendo coleções superinovadoras.

Para entender um pouco mais esse processo, a Comunidade Moto foi bater um papo com Cris Barros. Descobrimos que a trajetória da estilista é bem curiosa. Ela comenta:

“Pensei em prestar vestibular para Direito, mas na minha orientação vocacional ouvi que deveria trabalhar com criação e arte. Algo que me desse paixão. Na mesma época, eu ainda não era modelo, mas fui convidada para fazer um editorial para a Capricho. […] Foi no meio das fotos com o fotógrafo Luís Crispino e equipe de stylists que tive meu primeiro contato com a moda. Depois surgiram outros trabalhos, e fui me apaixonando pelo assunto. Acabei fazendo a Faculdade Anhembi Morumbi, uma pós-graduação no Instituto Marangoni em Milão e trabalhei com o estilista francês Stephan Jason. Na volta, fiz parte da equipe da  Zoomp e em seguida lancei a minha marca.”

“Instaseries” clicada com Moto Z

 

Após sua estreia, Cris começou a aproximar sua moda da tecnologia. “Acredito que a tecnologia seja essencial no mundo fashion. É um fator que permeia todas as etapas e processos deste universo – do desenvolvimento de novos tecidos e materiais à comunicação e divulgação da coleção, como fizemos com o Moto Z.”

Foi com essa visão que surgiram as Instaseries, projeto em que suas coleções são exibidas no Instagram. A última temporada contou com fotos feitas pelo Moto Z. “O projeto surgiu de uma maneira despretensiosa, em um jantar com a minha amiga Claudia Tannous. O primeiro fizemos em conjunto. Era o início do Instagram e rolou uma conversa natural do que a marca CRIS BARROS poderia fazer para apresentar suas coleções de uma maneira mais livre e espontânea. O primeiro foi feito em vídeos; já tivemos músicas, retratos, e agora fotos e vídeos… procuro sempre inovar.”

E foi exatamente na última temporada do Instaseries, feita com o Moto Z, que Cris Barros pôde inovar mais uma vez para exibir sua criação.

“A experiência de fotografar e filmar o Instaseries SS17 (primavera-verão) com o Moto Z foi libertadora. Estávamos buscando uma fórmula para que o projeto tivesse uma essência mais natural e transmitisse uma atmosfera descontraída. O fato de as fotos e vídeos terem sido feitos com um smartphone trouxe mais descontração e liberdade, tanto para as modelos quanto para a fotógrafa. Isso tudo com uma qualidade maravilhosa.”

Se inovação é uma constante no trabalho de Cris, ouvir seus consumidores é essencial como parte do desenvolvimento. “E o smartphone é um grande facilitador. Não só para pesquisas, mas para me manter sempre conectada com meus consumidores e tudo o que está acontecendo na empresa. Enviando mensagens, fotos e vídeos”, confirma. Mas ela vai além. Usa a tecnologia também como parte de seu processo de criação, nesta forte interação com seus consumidores através das redes sociais: “É um trabalho em equipe que acontece o tempo todo. Cada um tem seu papel em pesquisar, ouvir, criar, desenvolver e divulgar. E, hoje, a tecnologia é fundamental em todo este processo”, confirma.

Cris Barros também opina sobre as novas demandas da sociedade, que ganham cada vez mais a atenção do mundo, principalmente nas redes sociais. Por ser uma pessoa diretamente ligada à moda, o empoderamento feminino é uma questão importante. “Adoro pensar em todas as etapas do processo pelo qual a coleção passa até ser lançada. Desenho para mulheres que estão sempre buscando inovar, que priorizam design e qualidade”, afirma. Já em outras demandas que vêm das redes, como sustentabilidade, Cris Barros pondera: “Respeito e acho superinteressante todas as formas de explorar a moda. Temos muito cuidado com a procedência dos nossos materiais usados na coleção.”

Em outubro começaram os rumores sobre a nova coleção da estilista, que deve surgir no começo de 2017. Quando questionada sobre o que vem por aí, Cris Barros desconversa com jogo de cintura: “Ainda não posso falar nada sobre a nova coleção, pois ainda estou no processo de criação. A única coisa que posso adiantar é que a marca segue com sua identidade de uma maneira muito forte.”

Para saber em primeira mão os próximos passos de Cris Barros, siga seu perfil no Instagram – e aproveite para conhecer o projeto Instaseries.

 

POSTS RELACIONADOS

motostyle
música

Trilhas móveis inspiradas no Rock in Rio

motostyle
geek

O que aprendemos na Comic Con Experience