motostyle
geek

Tecnologia a favor dos pets


Escrito por Motorola

Pegamos dicas com donos de pets que utilizam a tecnologia para melhorar a sua relação com os bichinhos, confira!

Você já tentou fotografar seu cachorrinho, mas não conseguiu fazer com que ele parasse quieto? Já se perdeu em meio às informações de vacina, remédios e peso do bichinho? Já precisou viajar e não encontrou ninguém de confiança para cuidar do pet?

Essas e outras questões costumam ser problemas recorrentes na vida de quem tem um animal de estimação – para quem tem mais de um, nem se fala! A boa notícia é que a  tecnologia tem trabalhado cada vez mais a favor dos pets, desenvolvendo aplicativos, gadgets e até smartphones com recursos mais práticos, que tornam a vida dos donos de bichinhos muito mais organizada.

Chips de identificação, coleiras com GPS, aplicativos que reúnem todas as informações do seu mascote e câmeras acionadas com um simples toque no celular. Todos esses recursos já são realidade! O easepet, por exemplo, é um rastreador que permite monitorar a localização e a atividade física do seu pet. É só fixá-lo na coleira e você consegue acompanhar tudo por meio de um aplicativo, direto do seu smartphone, tablet ou computador.

Outra boa ideia é o DogHero, aplicativo que ajuda você a encontrar alguém para cuidar do seu pet enquanto você viaja. Todos os anfitriões são entrevistados antes e podem receber avaliações de como foi cada hospedagem. Um verdadeiro quebra-galho para quem não tem com quem deixar o bichinho!

Para saber um pouco mais sobre como essas tecnologias funcionam na prática, conversamos com alguns donos de cachorros e gatos que, além de terem perfis lindos no Instagram, têm uma relação muito bacana com a internet e todos esses novos recursos.

A Isadora Ribeiro, criadora do blog Na Nossa Vida (a gente recomenda a leitura!), tem dois cachorrinhos muito fofos: a Lucy, adotada há três anos, e o Ringo, que faz parte da família há um ano. Isa, que é fotógrafa e redatora, conta que adora usar o aplicativo DoggyFriends: “Bem bacana para encontrar lugares onde você pode ir com o seu bichinho, como bares, restaurantes e cafés na sua localização. Também tem algumas informações sobre o espaço. Achei muito útil!”

Isadora, Ringo e Lucy

Outro favorito é o myPets, que funciona como uma agenda do bichinho – “Você pode colocar os dados dele, peso, vacinas, telefone de veterinários e ter tudo anotado lá sem perder carteirinhas e tudo mais”, ela explica.

Se você conferir o Instagram dos pets, e o da própria Isa, vai ver como ela capricha nos cliques! Por isso aproveitamos para que ela compartilhasse seus truques para conquistar a atenção de Lucy e Ringo:

“Acho que, acima de tudo, não pode ser algo desconfortável para o animal. É importante fazer do momento algo divertido e saber que, mesmo que planeje a foto, ela provavelmente sairá diferente e com mais emoção. Aqui em casa é muito fácil treinar a Lucy. Para vestir roupinhas e coisas engraçadas nela, como óculos ou flores, bastou recompensá-la um único dia com um pequeno petisco e uma bolinha para que ela se sentasse em frente a uma luz. Às vezes, quando quero que ela olhe em alguma direção, faço barulho estalando os dedos. Ringo é mais fácil de ficar irritado: ele fica sentado por quatro segundos e deita. Como ele ainda não entendeu bem o ‘fica’, pego algum brinquedinho dele e clico mil vezes. É importante respeitar o jeitinho de cada um!”.

Ah!, a Isa tem um Moto X Force, o que também ajuda na qualidade das fotos. 😉

Foto: Isadora Ribeiro

Isa, que cuida dos cães junto com o namorado Fábio, faz questão de tratar seus bichinhos de uma maneira bem livre, sem neuras. E esse cuidado também faz toda a diferença. <3

Para a jornalista Yasmin Torres, a rotina e os truques são um tanto quanto diferentes. Isso porque ela tem seis gatinhos em casa, que nem sempre vivem na mais completa harmonia! Mas Yasmin, que nas horas vagas também é catsitter (cuidadora de gatos), tem experiência de sobra para lidar com os bichinhos.

Foto: Yasmin Torres

Ela conta que os bichinhos adoram os jogos de tablets próprios para gatos, e dá a dica: “Para não estragar o aparelho, minha sugestão é colocar uma película na tela ou enrolar uma camada de plástico-filme pra evitar riscos.” Quanto aos apps de games, ela indica o Mice Catch, em que os gatos precisam caçar os ratos na tela, e o Cat Snaps, em que eles podem tirar as próprias selfies e ainda brincar com lasers e insetos.

Na hora de fotografar os pets, ela tem boas dicas: “Quando eu quero que eles olhem pra câmera, seguro um bichinho bem alto, para eles não conseguirem arrancar da minha mão com facilidade e eu ter tempo de clicar. Mas não tem muita regra. Os mais velhinhos são mais tranquilos, e adoram ficar deitadinhos, por exemplo. Outros são mais agitados, então depende de sorte para conseguir clicar o momento certo. Não tem segredo: é carinho e paciência”, finaliza.

Foto: Yasmin Torres

Aproveita pra compartilhar com a gente as fotos dos seus pets, pelo e-mail [email protected] ou pela hashtag #motofoto! 🙂

POSTS RELACIONADOS

motostyle
motolovers

Motorola em Salvador: Turisbike com Mayara Padrão e moto g⁸ plus