motostyle
arte

Pra não perder um clique!


Escrito por Motorola

“Se 20 anos atrás alguém me falasse que um dia eu teria no meu bolso um telefone em que eu pudesse fazer boas fotos e depois enviar essas fotos para quem eu quisesse, eu não iria acreditar. Mas com certeza eu iria querer viver isso”, diz o fotógrafo especializado em moda Paulo Reis.

Já faz bastante tempo que temos mais celulares no Brasil do que telefones fixos*. Hoje um smartphone se tornou um dos itens de consumo favoritos da população. Portátil, sempre ao alcance das mãos, a nossa ponte de contato com o mundo; a percepção comum é de que o celular está sempre lá por você – e, de fato, ele deve estar. E mais do que isso: ele precisa complementar o seu gosto. Se você é um fotógrafo profissional como o Paulo, por exemplo, ter uma câmera de qualidade e com boa quantidade de megapixels é essencial!

“Eu sou fotógrafo quando estou trabalhando, e mesmo quando eu não estou fazendo isso profissionalmente sigo sendo um fotógrafo. Eu tiro muitas fotos das minhas filhas e de qualquer coisa que me chame a atenção. A gente sabe que pode tirar uma foto de qualquer lugar, a qualquer momento. E hoje temos qualidade no telefone para fazer uma boa foto, para fazer uma ampliação…”.

Paulo testou a câmera de 13 MP do Moto G (3ª geração) e fez três fotos para nós. É simples e fácil de usar: inicie a câmera com dois giros no pulso e toque em qualquer lugar da tela para tirar uma foto ou gravar um vídeo. Com apenas um toque na tela você captura imagens sem nem mesmo ter que parar o vídeo no meio.

Ficou curioso? No vídeo abaixo você vai saber mais sobre o Paulo e sobre o novo Moto G.

*Fonte: Anatel (set./2003).

POSTS RELACIONADOS

motostyle
arte

A arte do conforto de Samuel d’Saboia

motostyle
geek

1º de abril: identificando fake news