motostyle

10 filmes e séries LGBTQIAP+ para você maratonar no mês do orgulho


Escrito por Motorola

Sugestões de filmes e séries para se orgulhar, aprender e transbordar amor.

Sabe a teoria do efeito borboleta? Aquela de que uma pequena mudança de rota pode provocar infinitas outras mudanças, inclusive algumas maiores e mais relevantes? Bem, podemos dizer que o Dia do Orgulho LGBTQIAP+ é resultado desse efeito.

Quem poderia imaginar que a Revolta de Stonewall, que começou com um pequeno grupo de pessoas LGBTQIAP+, ia se expandir, ganhar tanta visibilidade e tornar o dia 28 de junho um marco histórico, possibilitando que gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, queers, intersexos, assexuais, pansexuais e qualquer um que se identifique com a comunidade, ganhassem mais respeito, força e voz dentro da sociedade?

Pois é, o Dia do Orgulho LGBTQIAP+ é fruto deste marco e hoje se espalha em comemorações ao longo dos continentes – inclusive, você sabia que a Parada LGBTQIAP+ de São Paulo é a maior do mundo?

Toda essa luta foi importante para que a comunidade ganhasse mais espaços em diversos ambientes, incluindo nos filmes e séries. Por isso, fizemos uma seleção de títulos LGBTQIAP+ para você maratonar, se apaixonar e, claro, se orgulhar muito! Vamos nessa? 🏳️‍🌈​

🌈A Revolta de Stonewall

E para abrir a lista de dicas de filmes, vamos começar com o documentário que relembra a trajetória da Revolta de Stonewall e os reflexos do movimento até hoje. Excelente pra dar um upgrade nas informações, contextos e argumentos.

🌈A Morte e a Vida de Marsha P. Johnson

O documentário narra a jornada da melhor amiga de Marsha P. Johnson, Victoria Cruz, para descobrir a verdadeira causa da morte da amiga, que, segundo os laudos da polícia, apontou suícido. Tudo isso enquanto enfrenta uma onda de violência contra mulheres trans. O filme ainda celebra a memória e legado desse ícone da comunidade Nova Iorquina.

🌈Moonlight – Sob a Luz do Luar

Moonlight vai acompanhar algumas fases da vida de Chiron, desde a infância pobre em Miami, passando pelo bullying e a crise de identidade na adolescência, e todo o despertar da sexualidade do garoto. A história é abordada de uma forma profunda e poética.

🌈Hoje Eu Quero Voltar Sozinho

Léo é um adolescente com deficiência visual em busca de sua independência e, ao mesmo tempo que quer sair, se divertir e se permitir viver coisas novas, precisa lidar com a mãe superprotetora e as inseguranças que a adolescência carrega consigo.

🌈Rafiki

Sob as rivalidades políticas e conservadoras do Quênia, o amor entre duas amigas de famílias rivais pode desabrochar. Kena e Ziki não se importam com esse cenário e continuam apoiando uma à outra nos seus sonhos. Porém, em determinado momento, elas precisam fazer escolhas para manter o romance e a sanidade de ambas vivas.

🌈Hedwig – Rock, Amor e Traição

Hansel vive na Alemanha Oriental e seu maior sonho é virar um astro do rock nos EUA. O objetivo tem uma oportunidade de se tornar real quando ele conhece um homem americano que promete a vida dos sonhos, mas com um requisito: fazer uma cirurgia de mudança de sexo.

🌈The L Word: Generation Q

Uma nova versão da série The L Word, Generation Q traz o famoso núcleo de amigas vivendo em Los Angeles, com mais personagens LGBTQIAP+ e todas as narrativas que já conhecemos: amor, sexo, decepções e sucesso.

🌈Pose

A série se passa em 1987 e tem uma mulher travesti, Blanca, como protagonista. Ela participa dos famosos bailes LGBTQIAP+ e acolhe pessoas marginalizadas pela sociedade, como sem-tetos, profissionais do sexo e membros da comunidade expulsos de casa.

🌈Veneno

Veneno traz a história de La Veneno para as telas, a primeira transexual espanhola a ficar conhecida na década de 90. Sua narrativa é contada por uma jovem estudante de jornalismo e é inspirada no livro “Not A Whore, Not A Saint: The Memories of La Veneno”, da autora Valeria Vegas.

🌈Heartstopper

E para fechar a lista de filmes LGBTQIAP+, a história que amoleceu muitos corações por aí. Heartstopper vai contar a trajetória de Charlie e Nick, dois adolescentes com pouca diferença de idade, histórias completamente opostas e que veem entre uma aula e outra, um sentimento mútuo, genuíno e fofo surgir.

Esperamos que, cada vez mais, novas histórias tomem as telas e sejam contadas ao redor do mundo. E por aí, qual sua história LGBTQIAP+ favorita?

POSTS RELACIONADOS

#hellocidades
hellorio

Projeto Tatuí: mobilizando crianças a salvar a vida marinha