hellocidades
hellorio

Botafogo é pura arte


Escrito por Motorola

A importância histórica do Rio de Janeiro para o nosso país é indiscutível, e é em um dos bairros mais tradicionais da cidade, com suas ruas cheias de memória, que uma parte dessa história se faz presente junto com a modernidade dos tempos atuais. 

Botafogo é cheio de casarões coloniais que no passado pertenceram a importantes famílias do Brasil, e que hoje se transformaram em grandes museus e galerias. Unindo o antigo com o contemporâneo, esses lugares vem trazendo arte e educação para cariocas e turistas.

O Hello Moto, dentro do projeto #HelloCidades, caminhou a pé por quatro desses espaços. Se liga no nosso roteiro!

 

FUNDAÇÃO CASA RUI BARBOSA

 

Localizado na chácara que foi residência do político Rui Barbosa de Oliveira, o local ainda preserva um grande acervo de objetos originais da casa do século XX e contém arquivos e documentos que servem para pesquisas de diversas áreas como Política Cultural, História e Direito. Com a educação em foco, a casa enche seus cômodos com exposições, atividades de dança, teatro, música e literatura. Já a parte externa conta com um enorme jardim histórico perfeito para uma leitura.

 

MUSEU VILLA-LOBOS

 

Dedicado há um dos compositores mais importantes do país, o museu inaugurado em 1960 possui objetos, partituras e documentos que contam a história do artista. Muitos projetos culturais são desenvolvidos por lá, principalmente os com objetivo de difundir os ideais de Villa-Lobos através da música. Festivais, concertos didáticos, concursos e pesquisa são algumas das atividades do museu.

 

CASA FIRJAN

 

Com uma arquitetura de tirar o fôlego, a casa do século XX, antiga residência da tradicional família Guinle, chama atenção pelo seu tamanho e imponência. O espaço também conta com um prédio mais moderno onde funciona o Firjan SENAI, que em 2012 ganhou o concurso aberto pela própria Firjan para selecionar um projeto arquitetônico contemporâneo e sustentável que se adaptasse melhor ao patrimônio histórico. Além disso, a casa é cenário para exposições de diversos tipos de arte contemporânea e também conta um pouco da história do desenvolvimento da cidade.

 

MUSEU DO ÍNDIO

 

Os povos originários são parte fundamental da nossa história, e nada melhor que um museu dedicado a eles para expor o valor da cultura indígena. A instituição tem um acervo com mais de 17 mil peças etnográficas e mais de 15 mil publicações nacionais e internacionais especializadas em etnologia e afins. O foco principal do lugar é manter a consciência da cultura indígena viva.

 

E aí, prontos para esse roteiro artístico no bairro de Botafogo? Todos os espaços têm entrada franca, então não deixe de conhecer um pouco mais de nossa história e compartilhar suas descobertas com as hashtags #hellorio e #hellocidades. Nos vemos por aí!

POSTS RELACIONADOS

motostyle
geek

Apps no micro SD: mais memória para o que importa