motostyle
arte

Caminhos com Arte pelo Brasil


Escrito por Motorola

Selecionar as melhores galerias de arte no País seria um desafio tão injusto quanto escolher os melhores artistas brasileiros. Afinal, o que é exposto aqui é de uma riqueza tão grande que colocá-lo em uma só lista seria pouco.

Por isso, para falar de arte, convidamos pessoas que compartilham a mesma vontade de visitar galerias, a paciência e o gosto em admirar obras expostas, sejam elas de novos ou já veteranos artistas, para elaborar passeios em duas cidades do País em regiões diferentes: um desses caminhos é em São Paulo e o outro em Porto Alegre.

Em São Paulo, na capital, a artista paulistana Verena Smit, que combina fotografia com palavras, delicadeza e força, ficou com a árdua tarefa de selecionar galerias que podem ser visitadas a partir de um caminho a pé. E no Rio Grande do Sul, em Porto Alegre, o artista plástico autodidata Wagner Pinto, que em suas obras inclui culturas, unindo símbolos religiosos ao tradicional, foi chamado para traçar outro itinerário artístico.

Exposições sempre inspiram para algo novo. Por isso, anime-se e venha com a gente explorar esses roteiros imperdíveis, e no final não se esqueça de compartilhar seus registros pelo e-mail [email protected]

Para não perder tempo, vale começar o passeio consultando alguns sites importantes da cena artística nacional. O primeiro deles é o SPArte, da Feira Internacional de Arte de São Paulo, criada em 2005 e que hoje aparece como o evento mais relevante do mercado artístico do Hemisfério Sul. O evento, que ao longo dos anos ganhou dinamismo e ainda mais importância, mexe com o calendário da cidade e pode ser visto em vários locais de São Paulo, com programação intensa, mas que durante todo o ano serve como referência.

Com cinco anos de existência, a ArteRio segue com a mesma proposta: levar o que há de melhor para a contemplação dos brasileiros. Mesmo não participando da feira, quem tem data marcada, o site traz informações para quem busca arte no Rio. Vale a consulta.

Está inspirado?

Os passeios sugeridos são diferentes, mas antes de sair de casa vale a pena selecionar as galerias que mais combinam com seu estilo e saber se alguma delas está sediando alguma exposição especial, não é mesmo?

Vamos aos nossos roteiros?

Em São Paulo a dica é colocar um sapato confortável que o passeio é a pé, divirta-se!

 

Por Verena Smit

 

Galeria de Babel  

·    Jardim Paulista: Alameda Lorena, 1257 (Vila modernista), www.galeriadebabel.com.br

Com um acervo de grandes fotógrafos nacionais e internacionais, a galeria localizada dentro da Vila Modernista, no coração dos Jardins, agrada por ter desde uma fotografia mais “clássica” e com humor do Elliot Erwitt até grandes paisagens e cenários da natureza, como as fotos feitas por Araquém Alcântara e Luciano Candisani.

Galeria Baró

Crédito: Divulgação

·         Jardins: Rua da Consolação, 3.417. www.barogaleria.com

A sede da Baró nos Jardins é bem diferente do amplo galpão da Barra Funda.

O espaço na Consolação é pequeno, mas marca pelo poder de ter poucas obras e impressionar mesmo assim. Tem um misto de artistas nacionais e internacionais, que trabalham com diferentes mídias.

Galeria Emma Thomas

Crédito: Divulgação

 

·         Jardins: Rua Estados Unidos, 2.205, www.emmathomas.com.br

A galeria é uma das minhas favoritas. Trabalha basicamente com jovens e novos nomes da arte contemporânea brasileira, como Nazareno e Lucas Simões. A seleção dos artistas feita pelas três sócias mulheres, para mim, deixa claramente exposta uma vertente feminina e sensível.

Galeria Bergamin & Gomide

·         Jardins: r. Oscar Freire, 379, loja 1, www.galeriabergamin.com.br

A galeria é especializada em obras do pós-guerra, com nomes de peso nacionais e internacionais, como Mira Schendel, Lygia Clark e Olafur Eliasson.

Galeria Frente

Crédito: Divulgação

 

        Jardim Paulista: Rua Melo Alves, 400, www.galeriafrente.com.br

A novíssima galeria Frente trabalha com os maiores nomes da arte nacional e internacional de diferentes épocas. De Adriana Varejão e Beatriz Milhazes até Alfredo Volpi e Portinari. Em cartaz até o final de outubro, o incrível “Espaço Infindável” de Mira Schendel.

A Frente promete ficar entre as grandes galerias do circuito paulistano.

Mendes Wood DM

·         Jardins: r. da Consolação, 3.358, www.mendeswood.com

A Mendes Wood começou pequena nos Jardins e hoje já abriga um grande espaço expositivo. É uma galeria muito particular, com uma proposta de trabalhar uma arte conceitual, política e de grande rigor intelectual.

Luisa Strina

·         Jardins: r. Padre João Manuel, 755, www.galerialuisastrina.com.br

A Luisa Strina é uma das primeiras galeristas a trabalhar com arte contemporânea em São Paulo. Depois de passar por alguns endereços, atualmente a galeria fica no térreo de um edifício. Strina tem uma importância histórica para a arte nacional: além de ter trazido pela primeira vez ao Brasil obras dos artistas pop Andy Warhol e Roy Lichtenstein, ela foi a responsável por lançar grandes nomes como Leonilson e Cildo Meireles. Hoje, a galeria mistura grandes e novos nomes da arte contemporânea nacional e internacional.
 

D Concept

·         Jardim Paulista: Al. Lorena, 1.257, G1 / C3 (Vila Flávio de Carvalho), www.dconcept.net

A D-Concept funciona há algum tempo na Vila Modernista como escritório de arte e espaço expositivo. Gosto muito da ideia da galeria tocada por Cecília Isnard. Trata a arte como algo acessível e pouco prepotente.
 

Sé Jardins

R. Barão de Capanema 208 www.segaleria.com.br/

A sede da galeria dos Jardins é bem diferente do prédio de 1890, no centro da cidade. A arquitetura dos Jardins é um cubo moderno. A parceria entre a curadora independente Maria Monteiro e o empresário Marcelo Tilkian Maia deu supercerto no segundo endereço. A Sé enfatiza muito a poética e o processo dos artistas. Trabalha com novos nomes da arte nacional, como Fernanda Chieco e Deco Adjiman.
 

Zípper

·         Jardim América: r. Estados Unidos, 1.494, www.zippergaleria.com.br

Liderada por Fabio Cimino, a Zípper tem espírito jovem. Focada em novos nomes da arte nacional e artistas que trabalham com diferentes mídias. O grande espaço expositivo permite quase sempre duas ou três exposições simultâneas.
 

Superfície

·         Jardins: r. Oscar Freire, 240, www.galeriasuperficie.com.br

A Superfície é uma das novas galerias paulistanas. É tocada pelo artista plástico Gustavo Nóbrega e sua sócia Daniele Dal Col. É pequena, mas trabalha com grandes nomes, como Marcelo Brodsky e o novo nome da arte nacional Gustavo Speridião.

A Comunidade Motorola preparou um mapa prático para você abrir diretamente no seu celular! Clique e bom passeio!

 

MAPA

 

 

Em Porto Alegre o circuito artístico pode ser um pouco menor que em São Paulo, mas não menos importante. A lista abaixo é de lugares que servem tanto para ver arte quanto para ponto de encontro. Aproveite!
 

Por Wagner Pinto.

 

Galeria Peninsula 

·         Rua dos Andradas, 351 http://www.galeriapeninsula.art.br

A Galeria Península é dedicada ao desenvolvimento de obras colaborativas. Por ser mais nova, ela acaba atraindo mais jovens da cena artística.
 

Galeria Bolsa de Arte

Crédito: Divulgação

 

·         Rua Visconde do Rio Branco, 365 www.bolsadearte.com.br

Considerada uma das melhores galerias de Porto Alegre. Para quem quiser, há uma filial em SP.
 

Galeria Mamute

·         Rua Caldas Júnior, 375 http://www.galeriamamute.com.br

Voltada à produção contemporânea, a galeria trabalha com o lançamento e a consolidação de nomes atuantes no Estado gaúcho e no resto do País.
 

Galeria Gestual

·         Av Cel Lucas de Oliveira, 21 http://www.gestual.com.br

Sem trabalhar com contrato de exclusividade com os artistas, deixando-os donos de suas obras, a galeria propõe o desenvolvimento da cena cultural da cidade.
 

Galeria Fita tape

·         Avenida Av. José Bonifácio, 485 http://www.fitatape.com

Esta é uma galeria diferente, voltada para street art, que também tem sede em outras cidades. Quem busca diferentes formas de arte encontrará o endereço certo!

Para visitar as galerias em Porto Alegre, a Comunidade Motorola preparou um mapa que você pode abrir diretamente no seu celular! Clique e bom passeio!

MAPA

 

 

 

Para saber mais sobre a Verena:

www.verenasmit.com.br

Para saber mais sobre o Wager:

www.wagnerpinto.com

 

POSTS RELACIONADOS

motostyle
arte

Redescobrindo SP com a câmera macro