motostyle
música

Folia pelas ruas


Escrito por Motorola

Uma lista dos principais blocos de carnaval pelo Brasil.

Chegando mais cedo, o Carnaval de 2016 tem data marcada para a segunda semana de fevereiro. Nativos e turistas já vão se preparando para uma das maiores festas do calendário brasileiro. Os blocos de rua seguem com força na programação dos grupos mais animados, mas as rotas já não são mais tão tradicionais.

Os destinos carnavalescos clássicos, como Rio e Salvador, têm dividido a atenção do público com lugares como Brasília e São Paulo, que ganham cada vez mais bloquinhos e foliões pelas ruas.

Alguns dos blocos mais famosos cobram pelos abadás, que garantem a entrada em camarotes ou lugares privilegiados, mas muitos ainda resistem, mantendo-se gratuitos e abertos a toda a população. Já preparou a fantasia? Então venha conferir quais são os principais blocos de Carnaval pelo Brasil!

Recife

Recife é palco do maior bloco de rua do mundo, o Galo da Madrugada. Nesta edição, o bloco vai homenagear o pernambucano Chico Science, que completaria 50 anos em 2016. O evento é gratuito, mas oferece opções de camarote para quem prefere acompanhar a festa de um jeito mais tranquilo.

Há ainda outras atrações espalhadas pela cidade, como a I love Cafusu, que acontece no Clube Internacional do Recife, com música brega, e o Bal Masqué, que resgata a tradição dos Carnavais antigos. Além do famoso concurso de máscaras, esta edição do Bal trará shows de Claudia Leitte, Daniela Mercury e Alceu Valença. Em Olinda, o bloco Enquanto Isso na Sala de Justiça reúne super-heróis de todos os tipos pelas ladeiras da cidade.

Galo da Madrugada, em Recife (foto: reprodução)

Salvador

A grande maioria dos blocos de Salvador é paga, com direito a abadá e apresentações de peso em cima dos trios elétricos. Mas os blocos sem cordão de isolamento, formados por trios independentes ou financiados pela prefeitura, ainda são tradição na cidade.

Nomes como Camaleão, Nana Banana, Cocobambu, Timbalada, Nu Outro, Yes Bahia, Me Abraça, Eva, Largadinho, Crocodilo, Olodum, Pirraça, Aviões Elétricos e Vumbora?! são alguns dos mais populares.

Salvador (foto: reprodução)

Fortaleza

Só na prévia do Carnaval de Fortaleza vão se apresentar mais de 60 blocos de rua, como o Baqueta, o Unidos da Cachorra e o Luxo na Aldeia, alguns dos mais populares da capital. Na semana de Carnaval, os blocos e festas serão divididos entre os quatro cantos da cidade. Outra opção bastante procurada no Estado do Ceará é o Carnaval Porto das Dunas, que acontece no município de Aquiraz, a 32 km de Fortaleza.

Bloco do Baqueta, em Fortaleza (foto: divulgação)

Brasília

Com estrutura dez vezes maior do que em 2015, o Carnaval de Brasília é destino promissor para o feriado deste ano. As festas, que começam no dia 15 de janeiro e só terminam em 17 de fevereiro, têm presença confirmada de mais de 20 blocos de rua – entre eles, o Tesourinha, o Virgens da Asa Norte, o Tuthankasmona e o Bloco do Amor.

Se você antes morria de tédio nesta época do ano na cidade, já tem opções de sobra para se divertir. \o/

Galinho de Brasília (foto: reprodução)

São Paulo

Em 2016, o período oficial do Carnaval de Rua de São Paulo vai de 29 de janeiro a 14 de fevereiro, e a Prefeitura espera receber mais de 400 blocos por toda a cidade.

Alguns deles já são atrações consagradas no Carnaval paulistano, como o Tarado Ni Você, que neste ano presta homenagem à personagem Tieta, vivida por Betty Faria; o Acadêmicos do Baixo Augusta, que mistura marchinhas e versões de hits do rock; e o Casa Comigo, que recebe noivinhos e noivinhas com direito até a véu e grinalda!

O Cordão Carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga, da Vila Madalena; o bloco Banda Grande Família, da Zona Sul; o bloco Arrianu Suassunga, de Pinheiros; e o bloco Belém Belém, Agora Eu Tô de Bem, da Zona Leste, também devem atrair um grande público.

Acadêmicos do Baixo Augusta, em São Paulo (foto: reprodução)

Bloco Tarado Ni Você, em São Paulo (foto: I Hate Flash)

Rio de Janeiro

Nem só dos desfiles das escolas de samba vive o Carnaval carioca. Os bloquinhos de rua, espalhados por todos os cantos da cidade, são destinos de muito sucesso. Segundo a Riotur (Empresa de Turismo do Município do Rio de Janeiro), serão cerca de 450 blocos de rua, divididos pela capital.

O Cordão da Bola Preta, um dos mais antigos do País; o Bloco da Favorita, de São Conrado; o Me Beija Que Eu Sou Cineasta, da Lagoa; e o Monobloco, do Centro, são alguns dos blocos de grande sucesso do Rio.

Na Lapa, o Palco das Marchinhas, da Fundição Progresso, receberá grandes nomes do samba e do Carnaval entre 6 e 9 de fevereiro – o Bloco Bangalafumenga, o Bloco do Sargento Pimenta e o Grupo Casuarina são alguns deles.

Bloco do Sargento Pimenta, no Rio de Janeiro (foto: divulgação)

Monobloco, no Rio de Janeiro (foto: Publius Vergilius/Riotur)

Belo Horizonte

A expectativa da Belotur (Empresa Municipal de Turismo de Belo Horizonte) é que o Carnaval de 2016 seja o maior da história de Belo Horizonte. Além dos blocos de rua mais conhecidos, como o Baianas Ozadas e o Ordináááários, o feriado na capital mineira vai contar com uma novidade: o Camarote Belô, que vai receber mais de 25 artistas durante 40 horas de música – entre os confirmados, estão O Rappa, Sidney Magal e Diogo Nogueira.

A cidade, que há poucos anos ficava vazia durante o feriado, tem tudo para atrair mais e mais turistas.

Belo Horizonte (foto: Rodrigo Lima)

Florianópolis

Conhecido como Carnaval da Magia, o Carnaval de Florianópolis também tem blocos tradicionais desfilando pelas ruas da cidade. O Bloco dos Sujos, que acontece sempre no sábado de Carnaval, é um dos mais antigos, reunindo grupos vestidos de mulheres, como o Sou + Eu.

O Berbigão do Boca, que surgiu em 1992, abre oficialmente o Carnaval da cidade, com shows, bonecos gigantes, festival gastronômico e o Arrastão do Berbigão, um desfile pela capital.

Bloco dos Sujos, em Florianópolis (foto: Alvarélio Kussoru)

Com tantas opções, para facilitar a vida dos foliões alguns apps oferecem a programação completa dos blocos, além da localização de serviços e informações úteis. O app PE no Carnaval 2016, por exemplo, traz a agenda completa do Carnaval de Pernambuco, desde as prévias até camarotes e blocos de rua, além de vídeos, imagens, matérias e entrevistas com personalidades do Carnaval.

Já o app Onde está meu trio? é essencial para quem vai curtir o Carnaval de Salvador, mostrando a localização em tempo real dos trios elétricos e um guia do Carnaval na capital baiana, com informações de programação e de serviços, como banheiros químicos, postos policiais e de saúde, pontos de táxi e de ônibus.

Aqui tem mais algumas boas dicas de apps para quem quer aproveitar ao máximo o verão.

Aproveite para conferir algumas dicas de como fazer a sua bateria durar por mais tempo – assim você não perde nenhum de seus cliques mesmo depois de horas de festa! Depois, mande-os pra gente pelo [email protected] ou pela hashtag #motofoto. Quem sabe suas fotos não aparecem por aqui? 🙂

POSTS RELACIONADOS

hellocidades

Transforme fotos em objetos de arte com Clicio Barroso

motostyle
geek

Um guia para entrar no mundo dos Podcasts