motostyle
arte

Os melhores lugares para fotografar em São Paulo


Escrito por Motorola

Miguel Garcia, do projeto São Paulo City, indica um roteiro de lugares imperdíveis e ainda dá dicas de como fazer belas fotos.

Perto de completar 462 anos, São Paulo nunca teve tantos admiradores. Seja em busca de oportunidades, de novas perspectivas culturais ou de experiências únicas, cada vez mais pessoas têm visto a cidade por um ângulo diferente, mais humano e distante do estereótipo de workaholic do paulistano.

Neste cenário, têm surgido projetos que querem mostrar um outro lado da capital paulista, divulgando tudo o que há de especial na cidade – que não é assim tão cinza. O Projeto São Paulo City é um deles. Reunindo dicas e fotos de todos os cantos de São Paulo, a iniciativa junta pessoas com um interesse em comum: o amor pela cidade.

A vontade de descobrir lugares novos, muitas vezes escondidos em meio à correria paulistana, também motiva os colaboradores do projeto, que conta com um site repleto de informações e já acumula mais de 86 mil seguidores no Instagram e 38 mil likes no Facebook.

O objetivo do São Paulo City é informar não só os turistas, mas os locais, divulgando rotas de passeios, restaurantes, museus e tudo o que for imperdível para quem quer abraçar a cidade.

Foto: @diariodonico

Todos os dias, eles recebem de seus seguidores mais de 50 fotos para serem postadas no Instagram do projeto. Por isso, eles já são experts em reconhecer quais são os lugares mais bonitos e fotografáveis de São Paulo – além de saberem muito bem o passo a passo para um bom clique!

Conversamos com Miguel Garcia, idealizador e coordenador de conteúdo do projeto, para saber um pouco mais sobre seus lugares favoritos na capital. Que tal aproveitar o feriado de 25 de janeiro para curtir um pouco mais a cidade que (quase) nunca dorme?

1. De quais pontos da cidade os seguidores mais enviam fotos?

Recebemos muitas fotos do Ibirapuera e da Avenida Paulista, mas o ângulo mais clicado é o do pôr do sol no lago do Ibirapuera com a ponte ao fundo.

Foto: @sandracastilhomanfio

2. Qual seria o roteiro de lugares imperdíveis para fotografar em São Paulo durante um fim de semana?

Com o tamanho de São Paulo, existem vários roteiros fotográficos que podem ser feitos. Alguns dos mais interessantes são: as belezas do Centro, saindo do Pátio do Colégio, Viaduto do Chá, Vale do Anhangabaú, Prefeitura, Edifício Martinelli (se pegar o pôr do sol no topo, é melhor ainda), Edifício Altino Arantes, Rua 15 de Novembro, Bolsa de Valores, Mosteiro de São Bento.

Ainda no Centro, Estação da Luz, Parque da Luz e Pinacoteca. Já na Vila Madalena, os pontos imperdíveis são o Beco do Batman e a Praça Pôr do Sol. Paulista com Casa das Rosas, Masp, Mirante 9 de Julho e Parque Trianon.

3. Fora o Centro e os pontos turísticos da cidade, quais são os lugares pouco conhecidos que você indica para fotografar?

Entre os principais pontos, eu indicaria o Solo Sagrado, que oferece uma paisagem encantadora, com jardins, praças e lagos margeados pela beleza da represa de Guarapiranga. Sem esquecer o lindo templo formado por 16 pilares e uma torre de 71 metros.

Outro dos meus preferidos é o Jardim Botânico de São Paulo, que, além de ser um dos melhores lugares para relaxar, sempre rende ótimas fotos.

Para finalizar, não posso esquecer o Parque do Carmo, que conta com lagos, gramado para piquenique, o lindíssimo Bosque das Cerejeiras, Monumentos à Imigração Japonesa, Viveiro e Bosque da Leitura.

Solo Sagrado (foto: reprodução)

4. Quais são os apps de fotografia/edição de fotos de que você mais gosta?

Não costumo utilizar apps para as fotos, mas, quando uso, gosto bastante do Afterlight.

5. Que dica daria para quem quer melhorar as fotos do Instagram?

Recebemos diariamente cerca de 50 fotos para serem postadas no Instagram. Com esse grande número, criamos alguns critérios de avaliação para definir o que será postado:

Sempre buscar ângulos diferenciados! Mesmo que o lugar já tenha sido muito fotografado, sempre tem aquele seguidor que nos surpreende com um ângulo ou detalhe totalmente diferenciado.

Aproveitar bastante a luz natural.

O corte da foto também conta bastante.

Cuidado com as selfies e a quantidade de fotos! Elas estão na moda, mas ninguém gosta de ver seu rosto em todas as fotos várias vezes por dia. Também seguimos uma regra em nosso Instagram, que é a de postar rostos de pessoas só em casos muito especiais e que tenham a ver com a proposta do nosso projeto.

Atente para o fundo de suas fotos, escolha um lugar bonito para ficar bem ambientado e torne a composição mais bacana.

E uma das mais importantes é: JAMAIS utilize o zoom! Como é digital, a aproximação dele não acompanha a qualidade da imagem. Por isso, parece que a foto está granulada.

Foto: @zoov360

Confira algumas das fotos mais curtidas de 2015 no Instagram do projeto:

São Paulo City

POSTS RELACIONADOS

hellocidades
hellopoa

Bloco “Não Mexe Comigo Que Eu Não Ando Só” anima as ruas de Porto Alegre