hellocidades

Hello Cinema: audiovisual e conexão


Escrito por Motorola

Conheça o projeto da Motorola que une sessões de cinema, debates e oficinas gratuitas

(CONFIRA O RESUMO DA PROGRAMAÇÃO AQUI)

A partir do dia 26 de maio, a Motorola realiza a primeira edição do Hello Cinema. O evento faz parte do projeto Hello Cidades, e promoverá quatro encontros mensais (maio, julho, agosto e setembro) no Centro Cultural São Paulo, unindo sessões de cinema, debates e oficinas, tudo gratuito.

Seguindo o conceito de phone life balance, lançado pela Motorola no começo deste ano, o Hello Cinema tem como tema as conexões possíveis e a sétima arte, um convite à reflexão sobre a relação entre sociedade e tecnologia, e como esse elo transformou as formas de relacionamento.

A responsável pela curadoria do Hello Cinema é Renata Ávila Alamy Yanni, empreendedora e idealizadora de diversos projetos culturais como Cine Mirante, o Bliive – maior plataforma de troca de tempo do mundo – e o GUAJA, primeiro café coworking do Brasil.

Antes da exibição de cada filme será realizado um debate, mediado por Juliana Sabbag, e com diferentes convidados a cada edição. A proposta do bate-papo não é analisar o filme, e sim apontar elementos e passagens que estão amarrados com a discussão e reflexões propostas.

Ao longo das quatro edições, o Hello Cinema realiza oficinas para adultos e crianças, todas com o objetivo de explorar a criatividade e brincar com os elementos da sétima arte.

O Hello Moto lista abaixo a programação completa do Hello Cinema para você não perder nada do que vai rolar!

26 de maio / sábado

Filme: ELA (2014)

Dirigido por Spike Jonze, o longa conta a história de Theodore, um escritor solitário de uma Los Angeles futurista, que desenvolve uma relação de amor especial com o novo sistema operacional do seu computador. Surpreendentemente, ele acaba se apaixonando pela voz deste programa, uma entidade intuitiva e sensível, chamada Samantha.

Marcelle Xavier é publicitária, escritora e facilitadora criativa. Se dedica a impulsionar a transição para uma nova economia através do design de rituais e espaços de conexão e cocriação. Criadora dos projetos Chegaiuai, Love Hacking, Movimento Ímpar e You are not fucked, hoje se dedica a promover espaços onde haja conversas de qualidade, pensamento sistêmico e desenho de intervenções capazes de promover conexão e assim lidar com a complexidade dos tempos emergentes.

Tiago Gamaliel é formado pela Escola de Design da UEMG, e especialista em Coolhunting pela Elisava, de Barcelona. Tiago atua há mais de dez anos nos mercado, desenvolvendo projetos para moda, cultura, economia criativa e novos modelos de negócio. Mineiro, de Belo Horizonte, atualmente mora em São Paulo, e acredita que tendências servem para tudo, porque antes de qualquer coisa, falam sobre pessoas.

 

29 de julho – domingo

 

Natália Garcia é jornalista e criadora do projeto Cidade para Pessoas, que interpreta e experimenta ideias para cidades mais humanas, explorando histórias de transformação e de como as pessoas se relacionam com onde moram.

Piti Koshimura é criadora do blog Peach no Japão, um projeto que nasceu depois de uma temporada morando no país. Transformada após essa experiência, Piti, que é graduada em Comunicação Social pela ESPM-SP e mestranda em Estudos Culturais pela Universidade Paul Valéry (Montpellier, França), decidiu a mostrar um olhar contemporâneo sobre o país de origem de seus avós, se tornando uma pesquisadora incansável e produtora de conteúdo com foco em delicadezas e inspirações.

Karina Oliani é apresentadora e entrou para a televisão em 2006, quando apresentou o Role, na Sportv. Em 2009 fundou a Pitaya Filmes e, nos anos seguintes, Karina dedicou-se a produzir, dirigir e apresentar seus programas, em diversos canais como Multishow (Programa Extremos), TV Globo (Faustão, Esporte Espetacular e Fantástico) e Canal OFF, dirigindo mais de 30 documentários para o último canal. Em 2015, Karina protagonizou a série do Discovery, “Missão Extrema com Karina Oliani” que lhe rendeu o prêmio de Melhor Hostess na Categoria Lifestyle do Telas – Festival Internacional de Televisão de São Paulo.

5 de agosto – domingo

André Alves é co-fundador da Float, consultoria de pesquisa, tendências e estratégia. Atualmente morando em Nova York, possui mais de dez anos de experiência como pesquisador de tendência, planejamento e gestão de marcas.  

Lidia Zuin é jornalista, mestre em semiótica e doutoranda em artes visuais pela Unicamp. Pesquisadora de tendências em tecnologia, é head do núcleo de inovação e futurismo da UP Lab, e curadora de notícias do newsletter UP Future Sight. Possui o blog de moda Fiercekrieg e a página Ponto Ômega no Facebook, que tem como objetivo a divulgação científica e de ficção científica.


9 de setembro – domingo

Poster do filme A Origem

Monique Evelle integra a lista de jovens mais influentes abaixo dos 30 da Forbes Brasil Considerada uma das 25 mulheres negras mais influentes do mundo, Monique é ativista do movimento negro, feminista, empreendedora. Formada em Humanidades com ênfase em Gestão da Cultura pela Universidade Federal da Bahia, é criadora da organização Desabafo Social, que utiliza a comunicação e novas tecnologias para promoção dos direitos humanos.

Lina Lopes é artista e designer nos campos de design paramétrico/generativo, video mapping, prototipagem, interatividade, wearables e internet das coisas. Sua produção no campo das novas mídias permeia o conceito de instalação interativa, programação com Arduíno, Processing, Raspberry Pi, priorizando projetos de manipulação de imagem em tempo real.

 

EXPERIÊNCIAS MOTOROLA

OFICINA CHIRRIN CHIRRION – das 14:00 às 17:00 horas

Público: Crianças  de 6 à 12 anos, acompanhadas dos pais. (10 vagas, com giro de participantes)
Com o nome que homenageia o programa do Chapolin, que utilizava o recurso, a oficina aborda o uso de efeitos especiais presentes desde o início do cinema. Sem necessidade de utilizar programas específicos de edição, a atividade usará recursos do Moto Z² Play e os Moto Snaps™ para explorar efeitos especiais, criando diferentes e criativos truques visuais em vídeo.

 

OFICINA VIDEOCLIPE – das 17:30 às 20:30 horas

Publico: Adolescentes de 13 à 18 anos. (2 grupos por edição)
O CCSP possui um público sempre presente de adolescentes e jovens que utilizam o espaço para danças, apresentações e ensaios. Vamos oferecer a oportunidade para os grupos presentes de gravarem um videoclipe de suas performances artísticas utilizando o Moto Z² Play + Snaps™.

POSTS RELACIONADOS

hellocidades
hellopoa

Distrito C: polo de economia criativa atrai empreendedores de todos os ramos

hellocidades

Hello Talks na Casa #hellocidades