Motorola oferece dicas de segurança para consumidores


Escrito por Motorola

A segurança das informações pessoais e da experiência dos usuários é uma prioridade para a Motorola. Para reforçar a prevenção dos consumidores em caso de perda, furto ou roubos do smartphone, a empresa compartilha 15 dicas que podem ser facilmente implementadas pelo próprio usuário. 

Android

1. Uma ação simples é a criação de um perfil adicional no seu aparelho para deixar os aplicativos com informações mais importantes em uma página “escondida”, como o de bancos e cartões cadastrados. Desta forma, os apps com informações pessoais e financeiras não poderão ser vistos. Para reforçar a segurança deste novo perfil, crie uma senha diferente de bloqueio do perfil inicial. 

(Configurar > Sistema > Vários usuários > Adicionar usuário > Ok > Insira um nome de perfil > Mudar para Seguro > Configurar agora) 

Após a configuração do usuário adicional, é possível alternar entre os perfis ao baixar a barra de notificações e clicar no ícone do usuário, como mostrado nas imagens abaixo.

2.  Tenha o IMEI do seu aparelho salvo na sua casa ou trabalho. A informação será necessária para registrar um boletim de ocorrência e bloquear / resetar o seu aparelho no caso de perda, furto ou roubo. O número está na caixa do produto e também pode ser obtida digitando *#06# no discador do telefone.

3.   No caso de perda, furto ou roubo, entre em contato com a sua operadora para bloquear o SIM card do aparelho.

4.  Você poderá bloquear ou restaurar as configurações de fábrica do seu smartphone, apagando todas as informações e aplicativos instalados, pelo Find do Google. Basta acessar o endereço https://android.com/find.

Configurações do smartphone

5. Use senhas fortes que misturem letras maiúsculas e minúsculas, números e caracteres especiais.

6. Diminua o tempo de bloqueio automático da tela para o mínimo disponível (15 segundos). (Configurar > Tela > Tela limite da tela. | A localização pode variar dependendo da versão de Android).

7. Ative a senha do seu chip junto à sua operadora. (Configurar > Segurança > Bloqueio do chip. | A localização pode variar dependendo da versão de Android).

8. Desative as notificações na tela de bloqueio automático para evitar a visibilidade de mensagens contendo informações de recuperação de senhas, códigos de validação e tokens. (Configurar > Privacidade > Notificações na tela de bloqueio. | A localização pode variar dependendo da versão de Android).

9. Ative o NFC somente quando for realizar alguma operação. Esta é uma tecnologia que permite a transferência de dados por aproximação, seja para compartilhar dados e arquivos entre smartphones ou efetuar algum pagamento. Apesar de funcionar apenas em distâncias curtas (até 10 centímetros), ela pode ser ativada por uma máquina de cartão quando aproximada do aparelho. (Configurar > Dispositivos conectados > Preferências de conexão > NFC. | A localização pode variar dependendo da versão de Android e compatibilidade do dispositivo com o NFC).

Aplicativos bancários / financeiros  

10. Não deixe o CPF habilitado ou automaticamente preenchido no aplicativo do seu banco instalado no smartphone.

11. Não salve senhas de bancos ou aplicativos financeiros gravadas em blocos de notas do celular.

12. Não armazene imagens de cartões bancários, documentos ou comprovantes de endereço no seu aparelho.

13. Crie um email específico para registro / recuperação de senhas que não fique instalado no smartphone. Ele deverá ser acessado somente em outro dispositivo, como notebook.

14. Habilite sempre o controle de acesso biométrico dos aplicativos bancários ou financeiros.15.  Diminua o valor do limite diário das suas transações financeiras (Pix e transferências).

POSTS RELACIONADOS

motostyle
geek

Os computadores “tunados” mais legais da Campus Party

Uma breve história das câmeras de celular motorola