hellocidades
hellopoa

O reencontro dos porto-alegrenses com a Orla do Guaíba


Escrito por Motorola

O Hello Moto levou um moto fã para contemplar a beira do rio, que foi revitalizada

Se tem algo que é fato sobre a população de Porto Alegre é que seus habitantes adoram estar na rua em momentos de lazer. Quando os 1,3 quilômetros de extensão da Orla do Guaíba foram reinaugurados no final de junho, a massa saiu em disparada para curtir o fim de semana e conferir a revitalização, gerando até congestionamentos no local.

A nova Orla do Guaíba, reinaugurada no dia 29 de junho
A nova Orla do Guaíba, reinaugurada no dia 29 de junho

O Hello Moto foi conferir a nova Orla do Guaíba na companhia da motofã e estudante de produção fonográfica Antônia Kowacs. “Eu sempre morei em Porto Alegre e esse não era um lugar que eu frequentava, justamente pelas condições de falta de segurança e infraestrutura de antes”, comenta.

A motofã Antônia Kowacs na Orla do Guaíba com seu moto g⁵s
A motofã Antônia Kowacs na Orla do Guaíba com seu moto g⁵s

Batizada de Orla Moacyr Scliar, em homenagem ao escritor gaúcho e imortal na Academia Brasileira de Letras, ela consiste no trecho que perfila a cidade da Usina do Gasômetro até a Rótula das Cuias. Onde antes havia tapumes e grades, hoje se encontra um espaço amplo e com acessibilidade, que além de iluminado à noite, dá ao lago* a arquibancada adequada para o espetáculo mais bairrista do local: o pôr do sol na beira do Guaíba.

Durante o passeio pelos mirantes, pela passarela flutuante e ao longo do caminho iluminado por pontos de luz, cenas bastante comuns do dia a dia porto-alegrense figuravam o cenário: muita gente descansando com chimarrão do lado, crianças brincando e hordas de ciclistas e esportistas circulando livremente no trecho reformado.

Antônia acredita que o principal ganho para a cidade é no acesso à qualidade de vida e lazer. “Ter um espaço público que melhora a qualidade de vida dos cidadãos e que é aberto a todas as classes sociais significa muito para Porto Alegre”, conclui a jovem. Desde sua reabertura, a prefeitura estimou uma média de 50 mil pessoas por final de semana no local.

Antonia não perdeu a oportunidade de registrar o lindo pôr do sol com seu moto g⁵s

Projetada pelo arquiteto Jaime Lerner, o novo trecho da orla tem ainda ciclovia e passeio público, quadras esportivas, ancoradouro para barcos de passeios turísticos, um restaurante panorâmico sob as águas e quatro bares ao longo de sua extensão. “Acho que a nova orla com certeza vai mudar o fato de que eu quase nunca vim aqui. Dá vontade de trazer meus amigos, vir com minha família, tirar fotos”, diverte-se Antônia, enquanto registra o momento com seu moto g⁵s.

 

*Por definição, o Guaíba é considerado um lago. No palavreado popular, rio.

POSTS RELACIONADOS

motostyle
arte

Richard Hodara tem uma proposta

motostyle
geek

Assista: Hackathon Mod The Future Campinas