hellocidades
hellorecife

Porto+: Expressão e empreendedorismo LGBTI+ em Recife


Escrito por Motorola

No dia do orgulho LGBTI+ (28 de junho), Recife foi contemplada com o lançamento do Porto+, projeto focado em levar conhecimento e imersão em tecnologia no mercado de trabalho para pessoas LGBTI+. Aproveitando o mês da diversidade, o #HelloRecife foi até lá conhecer melhor o projeto.

O evento aconteceu dentro do Porto Digital, também conhecido como “ecossistema”, um parque tecnológico aberto composto por mais de 300 empresas, no Recife Antigo. A iniciativa é aproximar a comunidade LGBTI+ da economia criativa, empreendedorismo e tecnologia dentro desse ambiente de inovação da cidade.  

O produtor cultural João Izzidio, um dos criadores do Porto+, diz que a vontade de fazer um evento desses “surgiu de uma inquietação de estar no meio de um ambiente, chamado de ecossistema, onde diversidade é um dos pontos-chave”. 

João Izzidio, produtor cultural e um dos organizadores do Porto+
João Izzidio, produtor cultural e um dos organizadores do Porto+

 

“A gente percebeu que a presença de pessoas LGBTI+ não é tão significativa. Então a nossa ideia com o evento foi furar a bolha, de fato trazer pra cá pessoas que não estão inseridas no ecossistema de tecnologia e inovação, e conectar as pessoas que já estão dentro do ecossistema”, explica João. 

O evento contou com a parceria dos coletivos Amotrans, Monalisa e Favela LGBTQ, ministrando atividades. A divulgação foi totalmente online, com foco nas redes sociais, o que garantiu o sucesso no alcance entre as pessoas, segundo o publicitário Lucas Araújo. “Logo no início alcançamos os primeiros mil seguidores organicamente. Depois começamos a patrocinar. Quando lançamos as inscrições para as oficinas, esgotou tudo em apenas 8 minutos”. 

Porto+ é o primeiro projeto de inclusão para pessoas LGBTI+, dentro do Porto Digital do Recife. A ideia é desdobrá-lo em um programa de impacto social. Serão realizadas ações em empreendedorismo e outras áreas, que serão feitas dentro e fora do ecossistema. A iniciativa é importante por dar visibilidade para a comunidade LGBTI+, abrindo oportunidades e criando conexões com o mercado de trabalho para o público. 

 

Principais destaques que rolaram no evento

A noite de abertura teve a mostra “Vogue”, com a inserção de pessoas não cis no mercado de trabalho. Uns dos destaques foram as oficinas de “Fabricação de acessórios criativos a laser” e “Criação de estampas”. 

Os participantes também puderam aprender mais sobre tecnologia e inovação nos workshops de “Gestão de Mídias Digitais”, “Programação” e “Design Thinking”. Dentro da programação, ocorreu o Debate Aberto, um espaço livre para qualquer pessoa LGBTI+ participar, proporcionando trocas de experiências e network. 

Vamos continuar acompanhando outras iniciativas de inclusão tecnológica por aqui! E não deixe de compartilhar suas experiências na cidade com as hashtags #hellocidades e #hellorecife.

 

Veja também: Geek Night conecta jovens interessados por tecnologia no Recife.

 

POSTS RELACIONADOS