Uma breve história das câmeras de celular motorola


Escrito por Motorola

Agora, em 2022, a Motorola completa 96 anos de vida e, durante todo esse tempo, inovação e foco na evolução da tecnologia foram fatores que sempre estiveram presentes no DNA da marca, inclusive nas câmeras

Apesar de parecer óbvio, muita gente pode não saber que as câmeras dos celulares não surgiram junto com eles. Na verdade, enquanto o primeiro celular surgiu por volta de 1973, o primeiro modelo com câmera digital só apareceu em meados de 2002. Uma das primeiras marcas a colocar a câmera para celular e dar a possibilidade a seus consumidores de capturarem momentos foi a Motorola, com o modelo motorola A760, de 2003, que além da câmera de 0,3 megapixels, trazia configurações para lá de especiais para a época: memória de 32 MB e processador de 206 MHz, sendo um celular considerado com a melhor qualidade de câmera.

Desde então, o avanço não parou e, a cada lançamento, a evolução da tecnologia ficava mais evidente, tanto que, atualmente, as câmeras de celular são tão potentes que desbancam, em certa medida, as câmeras mais profissionais. Entre o modelo motorola A760 até chegar aos modelos atuais, tem muita história para contar. Quer conhecer um pouco mais de perto os celulares mais marcantes? Vem ver!

motorola RAZR (2004)

O RAZR V3 foi um dos celulares que mais marcou a geração 90’ e 2000’, com um design impecável e cores para lá de estilosas. Foi um dos primeiros modelos a unir design e potência. Quando o assunto é câmera de celular, ele tinha cerca de 0.3MP, o que era muito superior para a época. O V3, como era carinhosamente chamado, fez tanto sucesso que foi considerado o 7º celular mais vendido da história. 

 

motorola ZN5 (2008)

Em 2008, as coisas já tinham começado a melhorar e todo o desenvolvimento tecnológico crescia muito rápido. Tanto que o motorola ZN5 foi um dos primeiros dispositivos móveis a dar destaque para a câmera, reservando um lugarzinho especial para ela. Na época, a câmera do celular tinha cerca de 5 MP e já era equipado com gravação de vídeo também, um avanço bastante considerável. 

moto z (2016)

Cerca de 8 anos se passaram entre o ZN5 e o moto z e, nesse meio tempo, a tecnologia avançou MUITO! Tanto que já trazia mais funções como as que a gente conhece hoje, como acesso à internet, conexão wi-fi e NFC, para pagamentos por aproximação. A câmera era equipada com 13 MP e já era capaz de gravar em 4K. 

 

motorola razr (2019)

Em 2019, a Motorola se desafiou mais uma vez. Seria possível unir o design e a estética do flip de 2004 com a tecnologia que tinha disponível em 2019? A resposta foi sim. Nasceu o motorola razr, dessa vez muito mais atualizado e com potência de cair o queixo. Ao todo, eram 16 MP de câmera de celular traseira e 5 MP na frontal, além de gravar vídeos em qualidade 4K e ter autofoco tanto nas fotos quanto nos vídeos. 

motorola edge 20 pro (2021)

E, por último, mas não menos importante, temos o motorola edge 20 pro, que traz configurações de câmeras de celular surpreendentes. Na câmera frontal, são 32 MP e, na traseira, são três lentes, com sensor principal de 108MP, uma ultra-angular com função macro de 16 MP e uma lente de telefoto periscópio de 8 MP com zoom óptico de 5x, digital de 50x e estabilização óptica. Todas essas configurações firmam o empenho que a motorola vem exercendo para trazer o máximo de qualidade a cada novo lançamento. 

LEIA MAIS: Ouse, imagine e crie com os novos motorola edge 20

Em toda a história Motorola, novas tecnologias chegavam a cada lançamento e ver, de perto, a evolução das câmeras é surpreendente. O que será que vem pela frente?

POSTS RELACIONADOS

tudo sobre seu moto

O que é o Google Lens: A ferramenta que pesquisa o que você vê