hellocidades
hellobh

O pão de queijo mineiro reinventado


Escrito por Motorola

O pão de queijo está em cada canto de BH. Padarias, lanchonetes, cafés, estações de metrô e até em bancas de revistas é possível achar o pãozinho feito à base de polvilho e queijo. Com a ajuda de Tomaz Alvarenga, jornalista e criador do blog “Na busca pelo pão de queijo perfeito”, o Hello Moto visitou lugares da cidade que têm reinventado o pão de queijo.

 

A Pão de Queijaria

A Pão de Queijaria, estabelecida na Savassi, é ponto obrigatório para os apreciadores da iguaria mineira. “Vale pelo ineditismo. O pão de queijo de parmesão tem sabor diferente e forte. O mesmo vale para o de queijo salitre, da região do triângulo mineiro”, diz Tomaz.

 

 

Os sócios Mário Santiago e Lucas Parizzi abriram o local há 5 anos e afirmam que o público se divide entre os puristas, que fazem questão da receita tradicional, e os que buscam novidades: “Nós oferecemos as duas coisas”, completa.  Destaque também para os recheios inovadores, como o que leva beterraba assada, queijo de cabra e mel ou ainda o de pastrami, picles de cebola-roxa e rúcula.

Rua Antônio de Albuquerque, 856, Savassi.

 

Padaria e confeitaria Boníssima

Tem lugares que incrementam a receita tradicional com mais…Queijo! É o caso da Padaria e Confeitaria Boníssima, localizada no bairro Gutierrez. A gerente Carla Muniz conta que a padaria compra a massa tradicional e acrescenta o queijo canastra da cidade de São Roque (MG) em duas etapas. “Misturamos antes levar ao forno, depois colocamos mais queijo no momento em que ele começa a crescer. O segredo é achar o ponto desta segunda mistura”. 

 

 

O resultado é um pão de queijo macio e elástico, o que fez Tomaz avaliar o salgado com cotação máxima no seu blog. “Esse eu recomendo sempre pra todo mundo.” A dica é rechear o pão de queijo com os diversos patês no modo self service que a Boníssima oferece.

Av. Raja Gabaglia, 220, Gutierrez.

 

Confeitaria Tupis 

Há 45 anos no coração de BH, a Confeitaria Tupis produz uma nova fornada de pães de queijo a cada 10 minutos. A receita da bisavó do atual proprietário, Fábio Moura, é mantida em segredo absoluto. Funcionários do comércio apenas revelam que o polvilho usado é feito no próprio local. Disforme e com uma saliente crocância na parte externa, o sabor e a forma são bem diferentes do tradicional.

 

 

Tomaz é um admirador: “Ele é muito gostoso. Não é redondinho e liso. Claramente tem um gosto e um fazer artesanal”, diz. Com a longevidade e o volume de vendas da Confeitaria, muita gente acha que a receita do lugar é a original. Mas o próprio Fábio afirma: “Foi uma reinvenção da minha bisavó que se tornou tradição na cidade”.   

 

Rua Rio de Janeiro, 810, Centro.

POSTS RELACIONADOS

motostyle
motolovers

3 perguntas para Mohamad no Taste of São Paulo #CaptureAExperiência

motostyle
arte

As mulheres da cuíca da Acadêmicos do Tatuapé

hellocidades

Bem-vindo hellocidades