motostyle
música

Pra você pirar: MC Tha


Escrito por Motorola

Conversamos com Thais Dayane, mais conhecida como MC Tha, promessa da nova geração do funk

Com seu jeito tímido e ao mesmo tempo muito simpático, Thais Dayane é uma pessoa apaixonante. Basta conversar um ou dois minutos com ela para comprovar. Surgiu na internet muito cedo, com 15 anos, no início do funk ostentação e hoje, dez anos depois, é conhecida nas redes como MC Tha.

Vinda do extremo leste de São Paulo, da Cidade Tiradentes, a cantora conheceu o funk por influência dos amigos e da sua comunidade, que foi uma das primeiras a acolher o estilo vindo do Rio de Janeiro, segundo a artista.

Agora a artista se prepara para lançar seu primeiro EP, que se chamará Rito de Passá, nome de uma de suas músicas inéditas que a artista cantou com exclusividade para nós do Hello Moto. Veja a nossa entrevista com ela para conferir!

Da quebrada para o mundo

“Eu meio que fui empurrada, assim, nunca decidi que queria ser cantora, até porque eu me acho um pouco tímida, então, se eu nunca tivesse sido empurrada, nunca teria acontecido”, reflete sobre o início da sua carreira.  

Roupas brancas, cabelo que lhe rende comparações com “Maria Bethânia”, muitos colares e pulseiras marcam o estilo da MC, que busca fundir a sensualidade do funk de periferia com suas referências da MPB, construindo o que chama de funk com mensagem.

Foto 360 feita pela MC Tha no Vão do Masp com um moto z² force e snap moto 360 camera.

“Eu sempre gostei muito de música brasileira, pois minha família ouvia muito. Eu gostava muito de rap nacional, tanto que eu só sei compor hoje em dia porque eu tive essa vivência do rap, de escrever. Eu gostava de pegar todos os raps que eu aprendia e escrever num caderno que eu tinha”, revela.

A popularização da internet potencializou a criação artística das quebradas, e foi quando MC Tha entrou para cena do funk, emprestando suas letras para os meninos que produziam bailes: “Acho que até hoje o funk é um ritmo muito acessível, acho que a maioria dos meninos que produzem e cantam funk nunca estudaram para fazer aquilo, é tudo na raça mesmo, através de tecnologias que a gente tem disponível”.

Olha quem chegou!    

Após suas primeiras experiências com o funk, Thais se afastou da cena musical para buscar novas oportunidade. Começou a trabalhar e fez faculdade de jornalismo, mas nunca deixou a música de lado.

Ou melhor, a música é que nunca a deixou de lado: seus amigos, como o também cantor e compositor paraense Jaloo, a incentivaram a voltar a cantar. Foi assim que lançou seu primeiro clipe, Olha Quem Chegou, marcando seu retorno em 2014 com uma música que mistura as batidas características do funk com uma mixagem eletrônica.

Pra Você!

Esbanjando sensualidade, seu segundo clipe saiu em 2016, com uma música mais tranquila e menos “de balada” do que a primeira, com sons que lembram batidas de cajón, castanholas e elementos eletrônicos mais sutis. Pra você, nome da faixa, retrata um encontro romântico no qual um casal produz um vídeo amador entre quatro paredes.

Bonde da Pantera (ft. Omulu & King Doudou)

A fama da MC Tha cresceu mesmo quando fez uma parceria com Omulu e King Doudou para o EP “Baile Saboroso”, em 2016, com a faixa Bonde da Pantera. Em 2017, a artista lançou o clipe da música, com uma excelente produção que trouxe meninas da quebrada para dançar em uma casa luxuosa com diferentes figurinos.

Valente!

Seu último lançamento, Valente, mescla as batidas do funk com uma letra empoderadora, que convida o ouvinte a resgatar suas forças internas na busca pela felicidade, principal exemplo do funk com mensagem que a artista busca construir. “Eu sempre gostei muito da melodia e da música, só que eu quis dar uma repaginada e deixar ela uma coisa mais poética e mais a ver com o que eu sou agora”, conta.  

Gostou? Então confira mais conteúdo como esse na seção motostyle aqui do Hello Moto!

POSTS RELACIONADOS

motostyle
geek

Zoe, a representante da Motorola no Missão AXN

hellocidades

Oficinas de Fotografia na Casa #hellocidades