motostyle
geek

Diário de um campuseiro


Escrito por Motorola

Marcos Vinícius venceu a nossa ação no Twitter e agora nos conta quais foram os melhores momentos da Campus Party.

Depois de passarmos a semana acompanhando tudo o que acontece na Campus Party, fechamos nossa série de matérias com um relato especial: o diário de um legítimo campuseiro, que viveu intensamente as 24 horas de cada dia do evento. Graças a uma ação em nosso Twitter (já segue a gente por lá?), Marcos Vinícius Ribeiro foi o escolhido para dividir sua #cpbr9 com toda a Comunidade!

Registrando tudo com seu Moto G (2ª Geração) e com seu smartwatch Moto 360, ele conta a seguir os melhores momentos da feira. 🙂

Marcos Vinícius foi o vencedor da nossa ação via Twitter

Olá! Meu nome é Marcos, tenho 19 anos e fui convidado pela Comunidade Motorola para falar um pouco sobre a Campus Party, evento de tecnologia que acontece todos os anos em São Paulo. Essa já é minha segunda edição e, a cada vez que venho participar, fico fascinado com a quantidade de conteúdos e ações que deixam cada edição mais incrível que a outra.

Participar de um evento de tecnologia desse porte é sempre interessante, e para curtir cada momento eu tive a ajuda dos meus dois gadgets favoritos: o Moto G (2ª Geração) e o Moto 360! Seja para a hora das fotos com os amigos ou para conferir todas as notificações do Twitter direto do meu pulso, eles não me deixaram na mão e me ajudaram a ter a melhor experiência possível por aqui.

Este ano, o tema do evento é “Feel the future”, que foi dividido em 17 espaços! Entre eles, o palco principal e os palcos de entretenimento, mídias sociais, ciência, desenvolvimento e tantos outros, que funcionam quase 24 horas por dia, com programações oficiais e não oficiais.

De todas as atrações, a que me chamou mais a atenção foi a primeira palestra, ministrada pelo CEO e cofundador da Campus Party (Paco Ragageles), que falou sobre o futuro das profissões e dos serviços que conhecemos hoje.

Palestra “Feel the future”

Outro conteúdo legal que rolou na CPBR foi o miniespetáculo de humor da Cia. Barbixas, que trouxe um novo mundo para a Campus Party e fez com que centenas de campuseiros lotassem o palco de mídias sociais.

Algo muito interessante no evento é a interação que os campuseiros têm uns com os outros! Isso faz com que a comunicação seja sempre a melhor de todas por lá.

Um pouco de bagunça e muita animação nas bancadas, registrada com o app Panorama 360

Eu faço parte de um grupo chamado Távola Quadrada, que junta vários campuseiros e campuseiras que vêm sozinhos para cá. Assim conseguimos ficar juntos e conhecer cada vez mais pessoas.

A galera da Távola Quadrada

Existem vários tipos de campuseiro: os que vêm por causa dos conteúdos, os que gostam de se socializar com a galera, os que gostam da internet (que é sempre uma coisa linda de se ver) e tantos outros. A melhor parte é que todos sempre são superanimados para conversar e trocar informações entre si!

A Campus Party também é conhecida pelo seu enorme acampamento, que abriga boa parte dos 8 mil campuseiros que participam. Na minha opinião, estar no camping é uma das melhores formas de aproveitar o evento e sentir na pele como ele funciona. Mas, no fim, quem é que dorme na Campus Party, né?

Espero que tenham gostado, e nos veremos na próxima edição! \o/

Compartilhe você também a sua experiência na Campus Party pelo [email protected] ou pela hashtag #motofoto!

POSTS RELACIONADOS

motostyle
motolovers

Pré-lançamento do Razr com Dani Noce e Paulo Cuenca