motostyle
arte

Cinema brasileiro em 360º


Escrito por Motorola

Em comemoração ao Dia Nacional do Cinema Brasileiro, conheça lugares em SP que foram cenários de filmes

5 de novembro é um dos dias em que se comemora o Dia Nacional do Cinema Brasileiro. Nesta data aconteceu a primeira exibição pública cinematográfica do país, em 1896, no Rio de Janeiro. A outra data é o dia 19 de junho, quando foram realizadas as primeiras gravações cinematográficas do Brasil.

Divergências à parte, comemorar o cinema brasileiro nunca é demais. Por isso, nós fizemos um roteiro com 8 lugares que foram cenários de filmes em São Paulo. Munidos de um moto z3 play com o Snap Camera 360, registramos essas locações de uma perspectiva totalmente única. Anote as dicas e bom passeio.

Edifício Martinelli – O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias

Logo no começo do longa, dirigido por Cao Hamburguer, Mauro, um menino de 12 anos, olha atento a paisagem do centro de São Paulo. Na cena, chama atenção o edifício Martinelli, construção cor de rosa icônica da cidade. Com quase 100 anos de história, o prédio foi idealizado pelo imigrante italiano Giuseppe Martinelli, em 1929.

Turistas e moradores seguem ansiosos pela reabertura do mirante, que tem uma das vistas mais lindas da cidade.

Vale do Anhangabaú / Viaduto do Chá – São Paulo, Cidade Anônima

Próximo do Martinelli estão o Vale do Anhangabaú e o Viaduto do Chá, que serviram de locação para o clássico São Paulo, Sociedade Anônima, de Luís Sérgio Person. No filme, o personagem de Walmor Chagas caminha pela região pensativo.

Praça Roosevelt – Dois Coelhos

Dois Coelhos é um filme de ação brasileiro que se destaca pelos efeitos visuais. Um das cenas foi gravada na Praça Roosevelt, local democrático que reúne um público jovem e descolado.

Minhocão – Ensaio sobre a Cegueira

O diretor brasileiro Fernando Meirelles trouxe a produção hollywoodiana para São Paulo, utilizando diversos pontos da capital como locação. Um deles foi o Elevado Presidente João Goulart, mais conhecido como Minhocão, erguido em 11 meses pelo então prefeito Paulo Maluf. A obra também já foi cenário de outros filmes, como Terra Estrangeira, de Daniela Thomas e Walter Salles, e Não por Acaso, de Phillipe Barcinscki.

Fechado aos sábados e domingos para pedestres, o Parque Minhocão se torna área de lazer para quem vive na região. De segunda a sexta, o espaço fica aberto das 20h às 7h.

Praça Villaboim – De Onde Eu Te Vejo

Na comédia romântica de Luiz Villaça, um casal se separa e passa a morar em dois prédios um de frente para o outro, na Praça Villaboim, em Higienópolis. Um dos edifícios é o Louveira, marco da arquitetura modernista paulistana, projetado por Vilanova Artigas. O local também foi cenário para o já mencionado Ensaio sobre a Cegueira.

Estádio Pacaembu – Mundo Cão

Protagonizado por Lázaro Ramos, o filme Mundo Cão retrata a vida de um funcionário do Departamento de Combate de Zoonoses, que trabalha recolhendo cães de rua. Uma das cenas mais importantes do longa se passa durante um jogo no Estádio Pacaembu.

Praça do Pôr do Sol – As Melhores Coisas do Mundo

O filme de Laís Bodanzky narra os conflitos, crises e mudanças na vida de um adolescente. Uma das cenas do longa se passa na Praça do Pôr do Sol, no Alto de Pinheiros, que, de fato, reúne muitos jovens diariamente. Impossível não se encantar pela incrível vista da cidade.

Largo da Batata – Que Horas Ela Volta

O Largo da Batata, em Pinheiros, é uma das primeiras menções à cidade de São Paulo feitas no filme Que Horas Ela Volta, de Anna Muylaert. Apesar de não aparecer em cena, Val comenta sobre o local enquanto está passando de ônibus pela Av. Brigadeiro Faria Lima: “Isso não é uma praça, não tem nem um pé de mato”.

No ano passado, o local passou por mais uma ação de revitalização, que rendeu mais árvores e uma nova iluminação. Um ponto turístico da capital que vale a visita.

 

POSTS RELACIONADOS

hellocidades

Infográfico: nosso até breve para a Casa #hellocidades