experiênciasmoto

Nas ondas do passado: o 1º rádio Motorola


Escrito por Motorola

Muito antes dos smartphones, a Motorola ajudou a popularizar o rádio

Se hoje você faz tudo hoje com o seu smartphone Motorola, é porque percorremos um grande caminho de evolução. No começo do século passado, quando a telefonia ainda engatinhava, o rádio capturava a curiosidade e a atenção de pessoas ao redor do mundo.

Porém, como toda invenção revolucionária, o rádio foi evoluindo, se popularizando e ganhando espaço na vida das pessoas aos poucos.

Vamos relembrar alguns momentos dessa história para você ficar em sintonia com o assunto.

Muito antes do radinho de pilha

O rádio começou a ser pensado ainda no século XIX, após a descoberta das ondas eletromagnéticas. A partir daí, vários pesquisadores ao redor do mundo realizaram pesquisas que ajudaram a conceber um aparelho de radiodifusão.

Até então, o jornal era o grande meio de informação, cultura e entretenimento de que as pessoas dispunham. Esse papel foi sendo dividido com a popularização do rádio.

Outra invenção da época, o automóvel, mostrava que estávamos no caminho do progresso tecnológico – e que avançar seria mais rápido do que havia sido até então.

Acelerando essa evolução

Fundada em 1928 por dois irmãos, a Galvin Manufacturing Corporation começou sua história produzindo eliminadores de bateria. Como o nome sugere, esses produtos eram destinados a converter rádios de bateria para energia elétrica. Tão logo o rádio passou a ser alimentado com eletricidade, os eliminadores se tornaram obsoletos.

À procura de um novo produto, Paul Galvin descobriu que era possível instalar um rádio em um automóvel e desafiou sua equipe a criar o primeiro aparelho automotivo do tipo.

Em junho de 1930, o mundo conhecia o primeiro rádio de carro e a marca Motorola.

Ouvindo um Motorola no meu possante

O nome Motorola surgiu justamente para batizar a nova invenção. Unindo motor com o sufixo ola (vitrola, radiola, moviola), o aparelho aumentou o alcance da empresa que assumiria anos depois o mesmo nome.

O rádio automotivo foi incorporado pela polícia, informando de maneira mais rápida as viaturas sobre possíveis ocorrências.

A invenção evoluiu para os primeiros walkie-talkies, usado pelo exército americano na 2ª guerra mundial. Em 1944, a Motorola passou a produzir rádios transmissores para taxistas, criando o primeiro sistema de comunicações FM comercial dos EUA.

E a história da Motorola  com a comunicação via rádio não parou por aí. Em 1969, quando o homem pisou na lua, a empresa estava lá, transmitindo as primeiras palavras dos astronautas depois da histórica aterrissagem.

Gostou? Continue acompanhando o HelloMoto para saber mais curiosidades sobre o desenvolvimento da comunicação, uma história que a Motorola se orgulha de ajudar a escrever.

POSTS RELACIONADOS

experiênciasmoto

Hello! O melhor da experiência com o moto g5s