hellocidades
hellosãopaulo

Tasha e Tracie Okereke: as irmãs que viraram it girls da quebrada


Escrito por Motorola

As gêmeas ficaram conhecidas no mundo da moda por criarem looks incríveis com pouca grana

Parece até nome artístico, mas é de verdade. As gêmeas Tasha e Tracie Okereke, de 23 anos, estão aí para mostrar que a moda é para todos. Moradoras do Jd. Peri, Zona Norte de São Paulo, filhas de mãe brasileira e pai nigeriano, elas chamam atenção na internet e no mundo da moda por criarem looks estilosos com peças de brechó e customização.

Tudo começou com um blog, o Expensive $hit, que acabou virando um movimento que usa moda, arte e música para fortalecer a autoestima das mulheres negras da periferia. Não demorou para vir o reconhecimento internacional. Em 2015, elas foram as primeiras brasileiras a sair no portal Afropunk e, em 2016, fizeram um documentário da revista britânica i-D.

As irmãs também atuam como DJs e, no momento, querem investir cada vez mais em festas no próprio bairro. “É o nosso projeto de descentralização. A gente demora duas horas para ir para uma festa no centro, então, por que não as pessoas demorar o mesmo tempo para virem pra cá?”, justificam.

Os próximos passos? Se lançarem oficialmente como estilistas. Tasha e Tracie querem apresentar no começo do ano uma coleção de upcyling com peças de brechó e roupas feitas do zero.

Nós do Hello Moto também demos uma descentralizada e fomos até o Jd. Peri conhecer um pouco mais da vida e do trabalho dessas it girls da quebrada. Dê o play!

POSTS RELACIONADOS